Portal da Cidade Atibaia

Atibaia

Incêndio em escola pública de Atibaia foi criminoso, diz polícia

De acordo com a Polícia Civil, três adolescentes teriam ateado fogo no local motivados por uma briga com funcionários.

Postado em 12/11/2019 às 09:59 |

(Foto: Jaime Emidio/ arquivo pessoal)

Uma investigação da Polícia Civil concluiu que o incêndio que atingiu uma escola estadual do bairro Caetetuba, em Atibaia, foi causado por três alunos. Segundo a polícia, o crime teria sido motivado por uma briga entre eles e funcionários.

A polícia chegou até os adolescentes após analisar as impressões digitais de uma garrafa com gasolina encontrada no local. Os adolescentes têm 15, 16 e 17 anos. Segundo a polícia, eles prestaram depoimento no sábado (9) e confessaram o crime, que ocorreu no dia 10 de outubro.

As chamas destruíram três salas, e, apesar do susto, não houve feridos. De acordo com o delegado Elton Costa, eles teriam brigado com funcionários e decidiram atear fogo na escola como forma de retaliação.

"Eles alegam que não tinham ciência da proporção que isso iria tomar, mas obviamente serão responsabilizados, dentro das possibilidades legais", explica o delegado.

Os três são moradores do bairro Caetetuba, onde fica a escola, e vão responder em liberdade pelo crime de incêndio. O caso será encaminhado para a Vara da Infância e Juventude.

Fonte:

Deixe seu comentário