Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Atibaia / SP

Você está aqui: Home / Colunistas / Empreender / Qual tipo de empreendedor você é?
Atualizado


Qual tipo de empreendedor você é?

Nestes últimos 2 meses tenho participado de uma coisa que é relativamente nova aqui no mundo de trabalho brasileiro.


Estou fazendo sessões de COACHING, palavra que vem do verbo “coach” que significa treinar em inglês. O  coach é um profissional geralmente formado em administração, psicologia ou matérias relacionadas a gestão de pessoas. A melhor forma que uso para explicar como isso funciona é dizendo que o coaching é como uma sessão de terapia com um psicólogo, porém o assunto é sobre trabalho. O coach tem como função fazê-lo se auto descobrir profissionalmente e motivá-lo a atingir metas profissionais através de ferramentas e acompanhamento contínuo.


Posso dizer que me surpreendi com alguns resultados que venho obtendo e o mais legal foi ouvir uma amiga dizendo que já percebeu minha evolução desde a primeira sessão.


Dentre as diversas ferramentas que aprendemos e os diversos testes de personalidade que fizemos, gostei muito de um que mostra meu perfil comportamental baseado em 4 animais, lobo, tubarão, águia e gato. Cada animal tem suas características comportamentais e seus pontos fortes e a melhorar. Saber esses pontos está sendo fundamental em minhas novas decisões do dia-a-dia.


Foi no meio de uma dessas sessões que me veio a ideia de escrever e dedicar esse texto de hoje para dissertar sobre um assunto que venho observando há tempos nos empreendedores conheço. Apoiando-se na ideia de categorizar pessoas usando animais, personagens, etc, defini 3 tipos comportamentos perante a adaptabilidade em relação a novas tecnologias ou métodos pioneiros e dei nome para estes tipos. Leia os parágrafos abaixo e veja qual você é:


Empreendedor FLASH


O empreendedor flash é o tipo de pessoa que sempre quer estar à frente, não no quesito qualidade, mas velocidade. Aquele que emprega novas tecnologias em sua empresa logo que saem no mercado, que baixa aplicativos beta* e sempre quer estar na frente da concorrência, sendo sempre o primeiro a apresentar uma solução. Este tipo de pessoa tem uma imensa quantidade de vantagens sobre os dois seguintes, porém tem que tomar cuidado, pois nem sempre toma a precaução de testar, avaliar ou autenticar determinada inovação e algumas vezes pode sofre as consequências de aplicar algo e dar errado.


Empreendedor MARIA


Nome que tirei do ditado: “Maria vai com as outras”. O Maria é aquele que espera que a novidade se torne mais popular para poder entrar na onda. Para elucidar, vou dar como exemplo a criação de E-commerces. Neste exato momento, estamos presenciando o boom de pequenas empresas entrando no ramo digital, como uma loja de sapatos da sua cidade, que está criando websites próprios, com sistema de venda de através da internet.


Neste exemplo, o empreendedor FLASH é aquele que já está com a loja funcionando, fazendo marketing online, vendendo no cartão de crédito e terceirizando o sistema de entrega. O Maria está começando a perceber esta tendência e está começando a analisar a possibilidade de colocar seu negócio neste rumo. A vantagem do Maria é que ele terá mais segurança ao entrar em uma nova onda, pois já consegue presenciar quais das novidades tem dado certo e quais tem dado errado. A desvantagem é que o Maria talvez não consiga tantos resultados, pois os pioneiros já são considerados referência neste momento.


Late Bloomers


Essa expressão na verdade designa crianças que tem um desenvolvimento físico ou mental mais atrasado em relação à média comum. O termo é muito usado nos EUA como apelido para atores que começaram a carreira cedo, mas só fizeram sucesso na vida adulta ou na terceira idade. Aqui neste texto, vou usar essa nomenclatura para relatar os retardatários, aqueles que demoram muito para se adequarem as novidades, especialmente as tecnológicas.


O empreendedor late bloomer é provavelmente aquela pessoa que não tem celular smart, usa cadernetas para controlar os devedores e o mais próximo que está da internet é seu cartão de visita com o nomedaempresa@gmail.com. Como proprietário de uma empresa de marketing digital, já tive o desprazer de ouvir proprietários dizendo que já “estão no mundo da internet” pois tem um e-mail.


Particularmente, vejo quase nenhuma vantagem nos late bloomers. Digo quase, porque na cidade onde moro, frequento uma padaria tradicional, que está inalterada há décadas. Esta padaria passou os anos vendendo o famoso “pão na chapa e pingado” e não se modernizou como outras que “gourmetizaram” seus produtos e hoje também já possuem outros nomes como boutique de pães.


Ao permanecer extremamente tradicional, esta padaria acabou se tornando escassa e muita gente saudosista acaba frequentando o local, que sempre está cheio e com filas.


Considero este caso de sucesso fora do comum e claramente não recomendaria essa atitude para outros de modo geral.


Creio que os late bloomers deveriam começar a pensar que não há como escapar da tecnologia e como um dia ele terá que se adequar as realidades, que seja mais rápido e não como uma solução para evitar a provável falência.


A era de e-mail e site, já passou. Hoje as empresas já trabalham com relacionamento através de redes sociais como Twitter, Facebook e Instagram. Hoje elas não fazem mais panfletagem no farol, mas pagam publicidade no Adwords e Youtube. Hoje empresas usam sites como Mercado Livre, OLX, Webmotors e Fiverr para divulgar seus produtos e serviços. Hoje, como no meu caso, já possuem clientes em outros estados e utilizam ferramentas como WebEx e Skype para fazerem conferêncis online. Hoje gestores e analistas utilizam seus smartphones e aplicativos como  Evernote ou Trello para organizarem seu dia-a-dia. Hoje recebo todos os dias no meu whatsapp o cardápio do dia do restaurante que fica próximo ao meu escritório.


Distribuição


Não há como escapar. Você é um dos 3.


Respeitando a distribuição estatística de Gauss, posso dizer o quão único ou comum você é:


 


 


·         Quanto mais rápido você se adapta a uma tecnologia, mais raro você é, ou seja, 0,1% até 13,6% da população age assim.


·         Se você é um Maria, você está entre 68,2% da população e como já mostrei, você já não tem mais chances de ser um pioneiro.


·         Se você leu esse texto e acha que é um late bloomer, saiba que é tão raro quanto os Flash, porém com a desvantagem de estar atrás de mais ou menos 85% dos outros empreendedores.


Não precisa ser uma grande empresa para fazer parte deste novo mundo conectado e engajado. Em alguns casos você não precisará de uma agência como a minha para poder ter seus produtos difundidos pela internet. O que você precisa no primeiro momento é de iniciativa e criatividade para achar maneiras de encaixar-se nesse mercado.


Qual tipo você é? Envie um e-mail para douglas@dcmarketingbrasil.com e argumente quais são suas facilidades e dificuldades. Ficarei Feliz em responde-lo.


 


 


*Aplicativos beta são versões de teste que são disponibilizadas para uma parcela dos usuários usarem e assim melhorias podem ser feitas antes do lançamento da versão oficial.



Fonte: Douglas Carvalho

Deixe seu comentário

Você está em Atibaia / SP
Portal Atibaia
Unidade Atibaia, SP


Portal da Cidade Atibaia LTDA - 24.455.443/0001-35
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®